Shar-Pei

18/12/2019

O Shar-Pei, ou "pele de areia" (tradução do mandarim) é uma raça originária da China é deve ser das raças mais fáceis de identificar e mais raras do mundo devido à suas rugas.

Esta raça é uma das mais antigas do mundo, acreditando-se que a sua origem data entre 206 a.C. e 220 d.C. uma vez que foram encontradas estátuas muito próximas da estrutura do Shar-Pei em Hong-Kong que datam exatamente deste período histórico.

Devido à sua estrutura física foi uma raça muito utilizada na China como cão de guarda, de tracção de equipamentos e pessoas, de caça e até em lutas de cães tal como no caso do Akita.

Embora estime-se que esta raça seja bastante antiga, a sua continuidade esteve em perigo durante o mandato de Mao Tsé-Tung que queria eliminar a "prática burguesa" de ter cães e que dessa forma reduziu consideravelvemnete a população de cães na Républica Popular da China.

Só em 1966 é que esta raça chegou EUA sendo que o interesse pelos Shar-Pei apenas se fez sentir apartir de 1973 quando o criador Matgo Law, temendo a revolução comunista que a China vivia se expandisse fez um apelo aos EUA para que estes salvassem o Shar-Pei. Embora este apelo tivesse tido algum eco nos estados unidos, poucos foram os exemplares que foram exportados devido à sua raridade e com isto apenas em 1988 conseguiu ser aceite no American Kennel Club (AKC).

Felizmente nos dias de hoje a raça está longe da extinção contudo continua a ser considerada uma raça rara e difícil de encontrar inclusive em Portugal.

Grupo

O Shar-Pei pertence ao grupo 2 secção 2.1 que também conta com raças como os Pinschers, Schnauzers e Cães da Montanha.

Carácter e características:

As características variam sempre de individuo para individuo mas em normalmente o Shar-Pei é uma raça que apresenta cães tranquilos e bastante independentes embora necessite de algum exercício físico diário.

Como outras raças provenientes do Oriente como o Pequinês e o Akita, o Shar-Pei é uma raça que apresenta cães bastante teimosos mas bastante inteligentes e é aconselhado a que o tutor do Shar-Pei tenha alguma experiência anterior com cães.

O Shar-Pei é um cão em geral bastante afectuoso e protector da família, sendo muitas vezes utilizado como cão de guarda, uma vez que é um cão bastante desconfiado para com estranhos e ao mesmo tempo muito territorial.

Por estas razões a socialização nos primeiros meses de vida é bastante importante, quer com pessoas de todas as idades como com outros cães ou outros animais.

Como cão bastante seguro que é, não é normal ouvirmos relatos de Shar-Pei que ladrem muito. No entanto não nos podemos esquecer que o ladrar faz parte da comunicação canina e o facto de não serem uns "ladradores" natos como por exemplo os Pinscher, quando necessários os Shar-Pei também sabem utilizar a sua "voz".

Para além disso, o Shar-Pei tem uma personalidade dominadora e caso as suas energias não seja gastas pode tornar-se reativo com outros cães e nos casos mais complicados até gerar alguma agressividade.

O Shar-Pei é um cão bastante robusto e tem como características mais marcantes o seu pêlo curto e bastante duro que pode apresentar a cor negra, creme, dourada ou canela. Normalmente o Shar-Pei apresenta cores uniformes, no entanto em alguns casos pode apresentar uma coloração mais clara do pêlo no final da cauda e na parte posterior da coxa.

No entanto a pelagem um pouco exótica é bastante sensível e propicia a algumas doenças de pele. Estas rugas, se não bem tratadas, podem originar infecções caso não sejam limpas e secas.

A outra característica diz respeito à sua língua. O Shar-Pei a par com o Akita são as únicas raças que não apresentam a língua rosada e sim azulada.

Em termos de saúde pode-se dizer que o Shar-Pei não é das raças mais saudáveis do mundo canino. Esta raça pode apresentar problemas de pele devido às sua rugas, nos olhos, na anca e até a chamada Febre do Shar-Pei. Esta ultima é uma doença autoimune e hereditária e consiste em inflamações em alguma parte do seu corpo como resposta do sistema imunológico. Normalmente esta doença é visível no focinho e nos lábios.

O Shar-Pei é um cão que necessita de bastante exercício. Caso não lhe seja proporcionado uma forma de canalizar a sua energia é bem provável que existem alguns casos de destruição como em qualque outra raça que necessite de mais exercício.

Desporto canino de eleição

Devido à sua estatura e pelo facto de sempre terem sido utilizados como cães de guarda, um bom desporto para o Shar-Pei é o trabalho de guarda.

Referências: